X Pesquisar:
capa-de-the-dark-knight-rises https://pt.pinterest.com

The Dark Knight Rises

CRÍTICA
capa-de-the-dark-knight-rises https://pt.pinterest.com

Nota: 6,6

Criado uns anos depois do segundo capítulo (4 anos depois), este filme começa muito mais comercial, isto é, como qualquer outro filme de acção de Hollywood. Cheio de aviões e porradas e tiros e coisas desse género. Como se pode perceber, não gosto muito.
Dos apontamentos que tirei do filme, coisas positivas, foi o facto de Joseph Gordon-Levitt fazer parte do elenco (gosto especialmente deste actor) e do papel de Anne Hathaway que representa Selina, uma boa personagem, com uma rapidez de destacar.
Tirando toda a acção de que não sou grande fã, até gostei da história.
No final achei estranho ter ficado agarrado ao filme, sem estar ansioso pelo final (de uma forma negativa), como se de um grande filme se tratasse.
A justificação passa pelo apego à história do Batman, tanto pelos dois filmes anteriores como por estar a ver a série Gotham. Juntando a isto os actores de alto nível, até temos um filme interessante. É sempre bom ver o fim de uma história. E realmente era disto que se tratava este filme.
Para quem gosta do tema, não serei eu a sugerir, pois certamente já terão visto esta tão aclamada trilogia.
No entanto, para quem ainda não viu (talvez eu seja o único que ainda não o tivesse feito), até é uma trilogia que sugiro. Isto porque, de entre todos dos super-heróis, este é um dos que são interessantes.
O balanço final é uma nota positiva por ter superado as minhas expectativas. Nunca pensei gostar destes filmes. Tal como referi, é óbvio que a série Gotham contribui para a minha disponibilidade mental para o tema.

The Dark Knight Rises
Ficha Técnica