X Pesquisar:
capa-de-room www.pinterest.pt

Room

CRÍTICA
capa-de-room www.pinterest.pt

Nota: 7,1

Este é um filme muito pesado pelo tema que explora, ou seja, os raptos que acabam em cativeiro.
Facilmente podiam dizer que é uma história verídica pela forma como é contada. Acaba por explorar vários pormenores do que poderá ser a vida em cativeiro, tentando responder tanto a questões que especulamos acerca deste assunto como outras de que nunca me lembrei.
O factor diferenciador acaba por ser o miúdo. Existir uma criança envolvida nesta situação torna toda a situação mais pesada e agarra-nos mais ao filme, levando-nos a querer salvar a criança.
Adorei assistir aos pensamentos do miúdo e às explicações dadas pela mãe sobre aquele estilo de vida. Foi  no seguimento destes momentos que apareceram os tais pormenores em que nunca tinha pensado.
Numa fase posterior do filme, é explorada a insensibilidade dos media, o passarem por cima de tudo e todos pela melhor notícia, sem olharem a consequências. Esta é uma crítica que se explica por si só sendo que podemos assistir diariamente a estas situações, especialmente agora que temos em Portugal um sistema que explora cada vez mais o sensacionalismo em vez de explorar uma visão objectiva. O público em geral também é analisado bem como os mais próximos das vítimas.
Temos então uma abordagem geral, com os vários pontos de vista que englobam a situação em questão, explorando pormenores essenciais (como referido anteriormente), sem excessos.
As várias partes do filme estão bem divididas, não “apanhamos seca” em cada uma das fases. Isto é fruto de um bom planeamento da acção. Aqui se vê que a mestria do cinema não passa apenas por efeitos especiais.
Como se pode perceber, este é um bom filme que recomendo vivamente. Não obstante de que os mais sensíveis poderão achá-lo pesado.

Room
Ficha Técnica