X Pesquisar:
capa-de-moonrise-kingdom http://rushmoreacademy.com/

Moonrise Kingdom

CRÍTICA
capa-de-moonrise-kingdom http://rushmoreacademy.com/

Nota: 6,6

A comparação que fiz no final foi que é um género de ‘Brick’, isto porque pode ser visto de duas formas: ou vemos como um filme ‘normal’ e aí não é grande coisa; ou como uma metáfora e, assim, já gostei. Todo aquele ambiente de escuteiros e uma história à volta de um amor entre duas crianças traz um impacto maior em certos momentos pois não estamos habituados a ver crianças a passar por coisas que, se acontecerem a um adulto, não nos fazem grande confusão. É exemplo o facto de eles passarem noites sozinhos ‘ao relento’ ou a ‘caça’ que os escuteiros fazem. A única grande crítica que fiz foi o facto de explorarem demais a nudez do ‘casal’, pois estando a falar de crianças penso não ser apropriado, tendo aqui uma ideia contraditória porque este facto só faz com que se reforce mais a ideia anterior de vermos crianças em situações inesperadas para a sua idade. Em relação a alguns exageros que costumo criticar nos filmes em geral, qualquer coisa relacionada com trovões (não quero revelar nada do filme), acho que a utilização de cenas desse género neste filme servem para reforçar o olhar metafórico com que devemos ver o filme. Sou a favor ‘do belo do exagero da realidade’ utilizado nos filmes certos. É ainda de realçar o elenco de luxo.

Moonrise Kingdom
Ficha Técnica

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *