X Pesquisar:
capa-de-a-midsummer-night’s-sex-comedy https://pt.pinterest.com

A Midsummer Night’s Sex Comedy

CRÍTICA
capa-de-a-midsummer-night’s-sex-comedy https://pt.pinterest.com

Nota: 7,3

Como se pode ver pela quantidade de filmes do Woody Allen que tenho visto ultimamente, estou a explorar a sua filmografia porque cada filme que vejo dele faz com que queira ver outro.
Voltando às comédias, tendo em conta que o último que vi foi uma tragédia (o “Interiors”), Woody Allen interpreta novamente uma personagem com ar de parolo, trapalhão, um pouco desgraçado. Estas são algumas das características transversais das personagens que cria para si próprio.
O conteúdo. Este é um dos pontos principais que me agarram tanto às obras deste realizador. A forma como consegue misturar conteúdo interessante com cenas ridículas de comédia. Como argumentista, Woody Allen revela constantemente a sua cultura e profundidade.
Sempre com boas punch lines, explora neste filme as relações humanas (sendo sempre esta a sua linha principal), as discussões, as mentiras, os problemas sexuais. Todos estes são temas interessantes de explorar, fazendo com que num ou noutro ponto nos identifiquemos pessoalmente e noutros consigamos associar a casos com que nos deparámos ao longo da vida. Fazemos desde julgamentos de um ponto de vista superior e externo, até introspecções, levando-nos a aprender coisas novas e a cimentar opiniões preconcebidas.
As discussões entre a facção científica e os abertos às sugestões sobrenaturais enquadram todas as personagens desta comédia campestre onde nos são apresentadas teorias científicas juntamente com ideias filosóficos abaladas pelo sobrenatural.
Andrew (Woody Allen) faz asneiras ao estilo de Charlie Chaplin (de forma menos intensa que em “Love and Death”),muitas das vezes através das suas invenções à Leonardo Da Vinci. Estas invenções dão um ar fantástico ao filme de forma a contrabalançar com os argumentos científicos.
Os três casais adultos, ao explorarem a natureza, tais miúdos, proporcionam um ambiente cómico e revelam as mudanças que o campo pode trazer à mente das pessoas habituadas ao stress e seriedade da vida citadina.
Tendo em conta outros filmes mais recentes de Woody Allen, com enredos mais intricados, este acaba por ter um enredo descomplicado, suavizada pela sátira.
É um filme simples, num ambiente campestre, trazido pela mão de Woody Allen, por mais que pareça antagónico. Um “conto de fadas” cheio de trapaça.

A Midsummer Night’s Sex Comedy
Ficha Técnica
Título: A Midsummer Night’s Sex Comedy capa-de-a-midsummer-night’s-sex-comedy
Director: Woody Allen
Elenco: Género: Comédia
País: estados unidos da américa
Ano: 1982