X Pesquisar:
capa-de-life-as-a-house http://img545.imageshack.us/

Life as a House

CRÍTICA
capa-de-life-as-a-house http://img545.imageshack.us/

Nota: 5,7

Cliché. Já usei esta palavra para caracterizar, de uma forma geral, outro filme mas desta vez não a utilizo no bom sentido pois toda a história é contada através de cenas que, pela sua organização e conteúdo, são previsíveis e dentro das ‘regras’. Ou seja, começa por nos ser apresentado o problema principal – um homem que descobre que tem cancro -, o qual muda a sua vida conjugando esta descoberta ‘com a oportunidade’ criada através do seu despedimento. Depois disto basta juntar-se um filho problemático e um desejo pessoal pendente – construir uma casa, ou melhor, destruir a casa onde o pai viveu -, e temos um despoletar de situações que têm como objectivo final acabar com todos os problemas existentes nos cenários das várias personagens – o filho seguir o bom caminho, voltar a ficar bem com a ex-mulher, etc. Mais cliché era impossível, não é péssimo por estes filmes seguirem as regras, tão bem estudadas, que nos agarram ao ecrã (realço agarrar ao ecrã, e não usufruir animadamente do filme). Basicamente é uma história que não trás nada de novo, não sendo péssima, é mediana demais.

Life as a House
Ficha Técnica
Título: Life as a House capa-de-life-as-a-house
Director: Irwin Winkler
Elenco: Género: Drama
País: estados unidos da américa
Ano: 2001

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *