X Pesquisar:
capa-de-dragon-ball-z:-battle-of-gods http://img854.imageshack.us/

Dragon Ball Z: Battle of Gods

CRÍTICA
capa-de-dragon-ball-z:-battle-of-gods http://img854.imageshack.us/

Nota: 6,5

O tão esperado filme para reviver este grande anime que marcou uma geração. Foi com grandes expectativas que aguardei este filme, por ter a supervisão de Akira Toriyama, o criador de Dragon Ball – prometendo assim uma história/acção mais fiel ao que a série nos habituou – e, também, pelo sucesso que a sua estreia teve no Japão.
Em termos de animação/imagem o filme está muito bom – abençoado Bluray -, podendo apenas criticar a utilização dos efeitos 3D que foge um pouco ao estilo da série original, perdendo a força de ‘anime oldschool’.
A história é muito fraca – tudo por causa de um pudim – e senti o argumento virado para um público mais adulto, com o que até concordo pois a geração ‘marcada’ pelo Dragon Ball já não tem a idade de outrora. A pessoa que viu o filme comigo, mais experiente que eu no que respeita ao seguimento deste anime – foi o primeiro filme de Dragon Ball que vi -, comentou que os filmes costumam ter histórias fracas, um motivo qualquer para nos darem as lutas. As lutas! Para quem gosta de Dragon Ball este é o grande momento. Confesso que fiquei desiludido com as lutas, sendo a melhor expressão para as ilustrar ‘um espectáculo de luzes’. Tudo muito rápido, à espera que o espectador tenha os superpoderes característicos das personagens deste anime para que, assim, consiga acompanhar os combates. Mais uma vez, estava à espera de algo mais clássico de luta corpo a corpo, deixando as luzes para os poderes finais, os ataques derradeiros.
Com tanta desilusão pode-se concluir que fiquei desiludido – passo a redundância – mas que foi bom rever as personagens tão fortes e consistentes, desenvolvidas ao longo de vários anos e conhecidas quase como se fossem reais. Falando das personagens, posso ainda criticar o aparecimento forçado de algumas destas. Há tanto para relembrar e tão pouco tempo em apenas um filme, espero que esta ‘desilusão’ seja um bom preço a pagar por uma nova série – como sugerem os rumores…-.
Agora o melhor a fazer é esquecerem todas estas críticas e verem o filme porque Dragon Ball é Dragon Ball. A essência está lá. Vejam, a imagem de marca humorística está presente ‘à antiga’.

Dragon Ball Z: Battle of Gods
Ficha Técnica
Título: Dragon Ball Z: Battle of Gods capa-de-dragon-ball-z:-battle-of-gods
Director: Masahiro Hosoda
Elenco: Género: Acção, Animação, Fantasia
País: japão
Ano: 2013

Deixa um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *