X Pesquisar:
capa-de-competicao-curtas-sessao-2-(monstra-–-15º-festival-de-animacao-de-lisboa) https://www.pinterest.pt/

Competição Curtas Sessão 2 (MONSTRA – 15º Festival de Animação de Lisboa)

CRÍTICA
capa-de-competicao-curtas-sessao-2-(monstra-–-15º-festival-de-animacao-de-lisboa) https://www.pinterest.pt/

Nota: 6,7

(Média das notas individuais atribuídas)

 

Este foi o segundo conjunto de curtas metragens que vi nesta sessão do 15º Festival de Animação de Lisboa, o MONSTRA.

Abaixo podem ler algumas observações acerca de cada curta que vi nesta sessão.

 

Uncanny valley

Vale pela técnica da animação, cenários e representação. A curiosidade do que poderá estar por trás de algo que vemos (obra, objecto, representação).

 

A petty morning crime

Onomatopeias. Narração através das letras (kinetic typography). Animação noir. Bom!

 

Sexy laundry

Boas texturas. Tema muito explorado, mas não está mau. Não surpreende.

 

Let’s wait together

Aguarela? Ao ritmo dos pauzinhos. Conto asiático à antiga. História de moral. Boa punch line.

 

House of unconsciousness

Porno style. Um homem e uma casa.

 

Sunday lunch

Bom lettering inicial. Bons desenhos. Homossexualidade no seio de uma família “normal”.

 

In the distance

Faz lembrar o filme “Nothing”. Vertiginoso. Simples e bom!

 

Splintertime

Bom genérico. Grandes personagens. Boa música. Adivinhei a ideia mas não desanimei por isso, pelo contrário!

 

Nossa senhora da apresentação

Crítica política. Poema, mais ou menos. Stop motion pouco interessante. Mais uma vez, é pena a curta portuguesa não ser das melhores.

Competição Curtas Sessão 2 (MONSTRA – 15º Festival de Animação de Lisboa)
Ficha Técnica
Título: Competição Curtas Sessão 2 (MONSTRA – 15º Festival de Animação de Lisboa) capa-de-competicao-curtas-sessao-2-(monstra-–-15º-festival-de-animacao-de-lisboa)
Elenco: Género: Animação
País: portugal
Ano: 2016